HDTV em São Paulo

Bruno Leonard

Membro conhecido
A tv Cabrália foi a primeira emissora de TV aberta geradora no interior da Bahia?
Sim. A TV Cabrália foi a primeira emissora de TV aberta geradora no interior da Bahia e foi em 1987, antes das geradoras afiliadas da Globo depois de 1988. A emissora insiste alegar ter sido a primeira geradora no interior do Norte-Nordeste, mas está errada. Quem surgiu foi a TV Borborema em 1966 (Campina Grande, Paraíba), a primeira emissora de TV geradora inaugurada no interior do estado sem ter inaugurado na capital (João Pessoa só tinha retransmissoras vindas direto de Recife, Pernambuco).
 

Ander1987

Membro
Detalhe: é exibido na Top TV do Paraná, que retransmite a Rede Central Tv, emissora tbem local de Curitiba.
Essa Central Tv podia retransmitir sua programação em SP como se fosse uma "afiliada" da Top Tv, ia ser uma concorrente boa da Rede Brasil
 

Portobol

Membro ativo
As retransmissoras da Rede Brasil continuarão com a programação da Igreja Mundial e uns poucos seriados (que é a Rede Brasil). As afiliadas podem optar por mudar de geradora; isso já tá acontecendo (vi pelo menos 4 afiliadas mudar para a RBTV - antiga Metropolitana).
O problema disso é que, com a diminuição de cobertura, a Rede Brasil pode perder a condição de obrigatoriedade de carregamento pelas tvs por assinatura. Aí, as operadoras de DTH não disponibilizariam mais a Rede Brasil. O Valdemiro Santiago é que não vai gostar e pode cair fora; o que prejudicaria todos o esquema do Tolentino pois as emissoras locadas para igreja (Rede Brasil e TV Templo) financiam a RBTV.

O melhor dos mundos seria que a RBTV conquistasse essa obrigatoriedade mas tem um longo caminho para isso.
 
Última edição:

Jardel

Membro ativo
As retransmissoras da Rede Brasil continuarão com a programação da Igreja Mundial e uns poucos seriados (que é a Rede Brasil). As afiliadas podem optar por mudar de geradora; isso já tá acontecendo (vi pelo menos 4 afiliadas mudar para a RBTV - antiga Metropolitana).
O problema disso é que, com a diminuição de cobertura, a Rede Brasil pode perder a condição de obrigatoriedade de carregamento pelas tvs por assinatura. Aí, as operadoras de DTH não disponibilizariam mais a Rede Brasil. O Valdemiro Santiago é que não vai gostar e pode cair fora; o que prejudicaria todos o esquema do Tolentino pois as emissoras locadas para igreja (Rede Brasil e TV Templo) financiam a RBTV.

O melhor dos mundos seria que a RBTV conquistasse essa obrigatoriedade mas tem um longo caminho para isso.

Isso não deve acontecer porque a maioria das afiliadas que estão trocando de bandeira nem ficam nas capitais, onde tem RTV própria da Rede Brasil (com exceção de Cuiabá, que tinha 3 afiliadas da Rede Brasil + a retransmissora própria).
 
Top