Ciência

NASA faz contrato bilionário com SpaceX; entenda

NASA faz contrato bilionário com SpaceX (Foto: Reprodução)

A NASA acaba de conceder um contrato de US$ 843 milhões à SpaceX para desenvolver um “US Deorbit Vehicle”. Essa espaçonave incrível vai atracar na Estação Espacial Internacional em 2029 e garantir que a gigante estação faça uma reentrada controlada pela atmosfera da Terra antes de cair no oceano em 2030.

Veja também: Impacto de asteroide: NASA se prepara

Continua após o anúncio

Ken Bowersox, o grande chefe das Operações Espaciais da NASA, disse em um comunicado: “A seleção de um veículo de órbita terrestre dos EUA para a Estação Espacial Internacional ajudará a NASA e seus parceiros internacionais a garantir uma transição segura e responsável na órbita baixa da Terra no final das operações da estação.” Traduzindo: vamos mandar a estação para um mergulho no oceano de maneira segura.

A Estação Espacial Internacional está envelhecendo. Algumas partes dela já têm um quarto de século. Com fissuras se espalhando no segmento russo, a NASA decidiu que é hora de planejar o fim da estação em 2030. Manter essa gigante voando além disso seria complicado e perigoso.

Continua após a publicidade

A NASA está de olho em uma economia espacial comercial. Eles estão trabalhando com várias empresas privadas para criar estações espaciais comerciais que possam abrigar astronautas e até cidadãos comuns até 2030. A ideia é abrir caminho para que essas empresas consigam investidores e construam suas próprias estações espaciais.

NASA faz contrato bilionário com SpaceX (Foto: Reprodução)
NASA faz contrato bilionário com SpaceX (Foto: Reprodução)

NASA planeja desorbitar grande estação espacial

A ISS é enorme – do tamanho de um campo de futebol americano e com uma massa de 450 toneladas métricas. Deixar fazer um retorno descontrolado à Terra seria um perigo para todos. Por isso, a NASA precisa de um veículo desorbitante para garantir que a estação caia no lugar certo.

A NASA considerou outras opções, como mover a estação para uma órbita super alta ou desmontá-la parcialmente, mas ambas eram complicadas e arriscadas demais. Então, a melhor opção foi a saída de órbita controlada, mantendo a estação intacta.

Ainda não sabemos qual veículo a SpaceX vai usar para essa missão épica, mas a NASA vai selecionar um foguete para a missão até 2026, apoiando o lançamento em 2029. Isso significa que o veículo desorbitado estará atracado na estação um ano antes da reentrada planejada.

Continua após a publicidade

Compartilhe:
Mostrar comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *