Bem-vindo!

Ao se registrar conosco, você poderá discutir, compartilhar e enviar mensagens privadas com outros membros de nossa comunidade.

Inscreva-se agora!
  • Olá, o tema escuro já está disponível no HT Fórum. Para usar, basta ir no final da página e clicar em (Fluent), em seguida selecione o (Fluent V2 Dark).

Música e Salvação

Oct
649
140
Salve, fãs de Música e Salvação!

Primeiramente, queremos agradecer a todos vocês pela excelente marca de audiência, alcançada nesses últimos dias. Um ano no ar e conquistamos 19.000 visitas em nossa página do HT. Muito obrigado! É uma grande responsabilidade produzir e apresentar Música e Salvação, que é, graças a Deus, uma das grandes audiências do Portal HT Fórum. O reconhecimento dos fãs, que prestigiam o Projeto, é o que mais nos incentiva a seguir em frente, pois sabemos de nossa missão em dar continuidade a esse gostoso trabalho. Vamos que vamos!

Dentre as muitas coisas produzidas na Bahia, a música tem um papel protagonista na cultura de nossos irmãos baianos. Em momento relativamente próximo, o Trio Elétrico é um movimento notável, na difusão da alegria e do entusiasmo no carnaval baiano.

Abrimos o programa de hoje, apresentando um grande sucesso da Banda Cheiro de Amor, Vai Sacudir, Vai Abalar, um estrondoso sucesso no Brasil e fora dele. Muito, mas muito mesmo bastante legal essa música balançante. Viva a Bahia!





Excelente releitura de Fernanda Takai, uma das boas novidades da MPB, cantando o sucesso internacional de Marcos e Paulo Sérgio Valle, Samba de Verão. É uma das grandes criações da bossa nova brasileira, tão amada pela nata dos expertos norte-americanos.





Uma procura acurada e a descoberta de um balanço competente, Roses, do Grupo Saint JHN. Tenho o santo compromisso de descobrir obras recentes de qualidade aos fãs, para não ser tachado de um mero saudosista. Repito, com muita saliência essa questão, não existe música antiga mas, sim, música eterna. Folgo e respiro melhor, trazendo trabalhos de qualidade para nossa amada audiência.





Música pop de primeira! Chris Isaak foi muito feliz com o sucessão Wicked Game. Canção pegadeira, envolvente e definitiva. É um barato mesmo.


FIM DA PRIMEIRA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Beleza versão de um clássico da canção mundial, realizada pelo Grupo Pentatonix. Halleluja é um clássico e mereceu essa nova edição primorosa.
Momento classudo de Música e Salvação!





Falando da arte nordestina, impressiona-me a energia que os irmãos de riba colocam em suas composições. O Nordeste cresce a olhos vistos. Já não se trata de um fenômeno passageiro, mas, sim, é uma marca de um novo tempo para o Brasil.

O Grupo Calcinha Preta sacudiu o povo, com o sucesso Você Não Vale Nada, Mas Eu Gosto de Você. Forró quente, de fazer ferver o chão brasileiro.

Num momento down do Brasil, nada melhor que curtir um forró moderno e envolvente do Grupo Calcinha Preta.






Para a garotada, que não conhece o grande artista, Roberto Silva, trago-lhes um clássico da MPB, composto pelo Mestre.

Trata-se de uma gravação ao vivo, não costumo elogiar esse recurso sonoro, em que a revelação da MPB Roberta Sá divide o palco com o Roberto.

Curtam muito, o resultado do trabalho ficou espetacular!





Curiosa e pouco conhecida versão, realizada pelo maestro Paul Mauriat, de Querelas do Brasil, um samba bossa nova de Maurício Tapajós e Aldir Blanc, marcante na história do gênero.


FIM DA SEGUNDA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Sabemos que em Música e Salvação somente entram músicas boas.

Parafraseando a admiração pelas mulheres (com todo respeito), tocamos, também, por aqui, músicas verdadeiramente boazudas.

O ótimo Grupo Champaign foi protagonista em produzir músicas boazudas, como seu grande sucesso How 'Bout Us.

É que vou pôr para rolar, agora, aos fãs de Música e Salvação!





O grupo Exile, navegando em águas caudalosas e provocantes, compôs, gravou e curtiu um grande sucesso, então, Kiss You All Over.
Sobre coisas tenebrosas, que não é o caso da músicas que vamos ouvir, quando estiver fulo da vida, vou contar para vocês como tem sido o garimpo de músicas recentes. Trabalho difícil, porém que vejo como um sacerdócio musical. Estejam preparados para uma sessão de horrores.
Vamos que vamos com o Exile!


Teremos o prazer, agora, de ouvir uma das mais belas canções de Pepino Di Capri, voltando à Era de Outro da música italiana. A safra foi tão boa, que as músicas de nossos antepassados ocuparam boa parte do espaço das músicas pop dos EUA de então.
Io e Te Un Grande Amore Niente Piu.

Não preciso fazer mais comercial dessa maravilhosa canção romântica!


Vou mostrar aos fãs de Música e Salvação um playback de Born To Be Alive, sem a voz do criador dessa música, Patrick Hernández. Essa música balançante foi um dos maiores fenômenos da Era Disco em todos os tempos. Fala muito a mim essa música do Patrick, pois participei diretamente (e outros companheiros da CID) da construção do sucesso dela no Brasil.

Curtamos, então, o playback de Born To Be Alive.

Agradecemos a vocês, calorosamente, pela grande audiência de Música e Salvação.

Sejamos todos muito felizes!


FIM DA TERCEIRA E ÚLTIMA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Mais uma programa de Música e Salvação.
Trabalho para que vocês tenham um entretenimento de qualidade, proporcionando momentos de alegria, paz e conforto.

A música que abre a edição de hoje é um samba, pelo menos é o que os nossos irmãos italianos imaginam que seja.
Brincadeira obrigatória à parte, Drupi foi muito feliz em lançar Sambariò. Canção leve, de ritmo legal, Sambariò foi um sucesso da Itália, algo que nós, da Chantecler, aqui no Brasil, não conseguimos reproduzir.

Perdoemos os ritmistas italianos, que tentaram fazer samba e curtamos a ótima canção.





O Grupo Ira!, de natureza roqueira, produziu trabalhos de altíssima qualidade ao longo de sua carreira. A música mais impactante de Flores Em Você é uma maravilha de composição. O arranjo, quase erudito, deu um colorido muito especial a esse clássico da MPB.
Classuda, bela e definitiva. Assim posso concluir sobre o grande barato de canção, que vamos ouvir agora.




Minha querida gravadora CID sempre teve o mérito de revelar grandes talentos da música para o Brasil e o Mundo. Bia Mestriner é um cantora excepcional, que mereceu a imensa porta aberta para ela.
A versão de Minha Namorada, um monumento musical da bossa nova, é um prêmio a todos que podem ouvi-la.





Mais um gol da CID, com uma romântica e inspirada canção, I'm Coming Home, interpretada por Peter Woods. O faro para o sucesso de nosso diretor-artístico, Harry Zuckerman, foi uma das ferramentas mais eficientes da Gravadora.

Quem não conhece a canção comentada, ficará muito feliz em ouvi-la pela primeira vez.


FIM DA PRIMEIRA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Herb Alpert e sua banda Tijuana Brass fizeram a alegria dos bailes nos anos felizes, em que dançar era uma obrigação para qualquer jovem.
A música Spanish Flea foi um grande sucesso naquele tempo. Herb concebeu uma música que contém melodia, ritmo e uma alegre leveza.
Se existem músicas felizes, Spanish Flea é um dos melhores exemplos, para assim classificá-la.





Year Of The Cat, cantada por Al Stweart, é uma das canções pop componentes ao grupo das melhores de todos os tempos.
Falei e disse!





Rain And Tears é um sucesso imortal do Grupo Aphrodite Childs. Poucas músicas têm tanta emoção carregada dentro delas. Imaginem, então, o filezão que uma canção dessas revisitada e ampliada pelo gênio eterno de Paul Mauriat e sua orquestra.





Velha Infância, criação genial de Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, é uma música que jamais ganhará o pó e o esquecimento dos fãs de boa música. Acho esse trabalho mais que eterno!


FIM DA SEGUNDA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Musicona pegadeira e romântica. Without You, com Nilsson, marcou a primeira década sem o som dos Beatles (reunidos). O recado foi claro, o sonho do pessoal de Liverpool acabou, mas haveria oxigênio de boa qualidade no mundo da canção pop.





Os fãs de Música e Salvação fazem parte de uma turma da pesada, que sabe que é boa música. Eu apenas passo material para deixar a vida de todos mais rica e colorida.

Pinçamos um saxofonista sensacional, ele tem o nome artístico de Fúlvio Sax. A fera aqui comentada criou um som mais do que fantástico para o sucessão de Lady Gaga, Ouçam como ficou sensacional o som de Bad Romance!





A doidona, mas competente e brilhante estrela, Cindy Lauper é de um brilho mais que brilhante (licença poética, sou escritor).
A loira merecerá para sempre o carinho e entusiasmo de seus (muitíssimos) fãs.
Vamos de Girls Just Want To Have Fun!





Termino esse programa com um sucesso, na época, na Chantecler, pouco provável. Casinha, do chamado gênero raiz, entrou no LP de estreia de meu amigo Silvio Brito, como a última faixa do disco, composta por S. Rodrigues.

Até o próximo programa de Música e Salvação, rumo a 20.000 visitas!


FIM DA TERCEIRA E ÚLTIMA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Alõ, queridos fãs de Música e Salvação. Mais um programão para pintar com as melhores cores as suas vidas. Vamos a ele!

Somos todos unânimes para afirmar que Paul Mauriat foi um dos maiores arranjadores para orquestra da história. Fucei, em um esplêndido baú musical, uma versão primorosa do grande Mauriat, Alouette, um trabalho de teto infinito. Música para encantar as grandes alturas desse mundão de nosso Deus.

Não, não é exagero meu, curtam e vejam como eu tenho razão!





Não costumo repetir músicas em nosso programa. Porém, hoje, resolvi criar um clima extremamente emocional para todos os nossos fãs. Estou contando que, depois desse Música e Salvação, vamos varar a marca de 20.000 visitas no HT.

Trago, para me ajudar nesse objetivo, a maravilhosa Kate Bush cantando This Woman's Work, em estupenda qualidade de som em ambiente fora de estúdio.





Chega agora o fantástico Dalto, cantando uma de suas maiores criações: Falta te Dizer. Então, não vai faltar nada!


FIM DA PRIMEIRA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Continuemos com essa edição antológica, tendo a participação do fora de série Saint Preux, uma espécie de reencarnação de Bach, guardadas as devidas proporções que o Mestre Alemão merece.

Mas esse Prelúdio para Piano de Saint Preux é, como diriam meus amigos goianos, bom demais da conta!





Aproveitem, querida freguesia de fãs da boa música, que esta edição está pra lá de Bagdá. No embalo, vem agora Guilherme Arantes e seu majestoso Oceano!





Certamente, La Mer, na versão de Ray Conniff e Orquestra foi a maior contribuição do Ray para o melhor brilho de sua espetacular carreira!





Tive a maior felicidade, em minha carreira no disco, de participar de um dos maiores fenômenos da Disco Music Mundial. Patrick Hernández, e sua quase indizível Born To Be Alive. O clipe para o sucessão ficou espetacular!





Se há uma música brasileira que transborda em graça e otimismo, esta, sem dúvida, é Sal da Terra com o fantástico Beto Guedes!


FIM DA SEGUNDA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Os anos 1970 tinham a obrigação de manter o mesmo pique dos Beatles, mesmo com o fim do grupo. Muita gente acertou a mão, e a humanidade resistiu à ausência do grupo de Liverpool. Middle Of The Road contribuiu com Soley, soley, de uma beleza e graça impressionantes!





Se Roberto Carlos não participasse dessa super Música e Salvação, certamente eu apanharia na saída... Calma! Programei as Baleias para todos os fãs!





O Abba, um dos grupos de música pop que mais vendeu discos em toda história, aqui está participando e divulgando seu excepcional repertório, para cantar a charmosa e encantadora canção Slipping Through My Fingers





Termino essa maravilhosa trilha sonora de Música e Salvação com a mais genial composição do maior compositor clássico patrício, Villa-Boas, um orgulho imenso para o Brasil. Bachiana brasileira nº 5 com a divina Barbara Hendricks.

Esse programa foi moleza fazer. Vocês, fãs de Música e Salvação, merecem isso e muito mais.

Até o próximo programa, se Deus quiser!


FIM DA TERCEIRA E ÚLTIMA PARTE!
 
Última edição:
Oct
649
140
INTERMEZZO

Estimados fãs de Música e Salvação!

Abrimos espaço para mais uma edição especial de Intermezzo, trazendo uma versão genial de Erasmo Carlos para um sucesso de 1966, com Bobby de Carlo, Tijolinho, composição graciosa de Wagner Benati.

Ponderemos.

A ponte que nos liga a uma história gloriosa da música, em todos os tempos, foi destroçada, não apenas por o mundo viver um momento de tormenta, mas também pela pouca vontade das gravadoras, empresários etc. e terem perdido o entusiasmo pela boa arte, buscando soluções fáceis de ganhar dinheiro. Estive nesse ramo e posso falar com segurança sobre o tema.

Francamente, estimados fãs, seria muito fácil, de minha parte, escrachar o movimento funk e reduzir o tema a uma mera definição. O funk está aí, é uma realidade e faz parte da cultura de boa parte dos jovens.

Há um fator determinante para esse processo todo estar vigendo. A pirataria, cerca de 20 anos para cá, feriu quase de morte o segmento das gravadoras. Está difícil, agora, sair desse buraco, se não houver uma vontade forte do setor, para virar o jogo. Humildemente, eu lhes falo, que produzimos programas como Música e Salvação e Rádio Musa. Somos como pequenos passarinhos que, com incêndio na floresta, colhemos gotas de água em nossos biquinhos, tentando salvar avidamente a floresta.

Uma autoridade da Música Popular Brasileira, Erasmo Carlos, um dos papas da Jovem Guarda, lançou um trabalho, ao nosso ver (meu e do mano Jonas) extremamente oportuno e doutrinário. A obra, a qual o Tremendão se envolveu, chama-se O Futuro Pertence À Jovem Guarda. Ele lançou 8 versões de sucessos da Jovem Guarda, adaptando esse trabalho ao subgênero Techno, com o objetivo de trazer a garotada para conhecer sucessos geniais de um passado historicamente não muito distante dos dias de hoje. Trazendo essa turminha toda para cá, será possível reconstruir a ponte e religar a cultura pop atual a uma histórica gloriosa.

O funk, repetindo, está aí e merece ser respeitado, mas ele não pode ser uma linguagem de arte predominante, pois não há espaço de repertório para isso.

Curtamos, enfim, um trabalho que pode mudar o cenário. Erasmo Carlos cantando, em um arranjo sensacional, Tijolinho!

 
Última edição:
Oct
649
140
Estimados fãs de Música e Salvação!

Radiante em alegria, começo mais um Programa, anunciando a conquista de 20.000 visitas à Música e Salvação. Que Deus nos permita seguir nossa vida com saúde, para que possamos realizar muitos projetos bonitos à nossa comunidade. Vamos que vamos!

Dias atrás, tive a oportunidade de analisar o novo trabalho do Grupo ABBA. Esse trabalho, intitulado como Voyage, marcou o retorno dos admirados músicos ao mercado competitivo da música pop no mundo. Vamos a nossos comentários.

O ABBA deve ter feito um trabalho bastante profundo, de modo que, 40 anos depois, o resultado final desse esperado disco fosse de acordo com os sonhos dos quatro integrantes do ABBA. Vou ser didático, para que meus comentários sejam apresentados claramente para todos os fãs.

1) O resultado do disco ficou bom, porém não com um impacto explosivo, como muitos sonhadores aguardavam;

2) Por razão artística, espero, a Frida passou a ser a primeira voz do Grupo. Coube a Agnetta dar suporte como segunda voz nas canções;

3) Quatro músicas se sobressaíram dentre as 10 gravadas, ou seja:

Don't Shut Me Down
I Still Have Faith In You
Just a Notion
No Doubt About It

Na lista acima, poderia ter entrado Ode To Freedom. Faltou coragem, quero crer, aos compositores para aprofundar essa música.

4) Estou aqui, como sempre agi, para mostrar aos fãs de Música e Salvação, em minha opinião, qual é a melhor música do disco Voyage. Sem frescura, a melhor música é Just a Notion.

Parabéns ao Grupo pelo destemor em voltar ao jet set da música depois de 40 anos. O trabalho merece uma nota 7,5. Acredito que os componentes do ABBA partam, depois de Voyage, para o produção de mais um disco.





The Windmills In Your Mind é um clássico do cinema e da música. O arranjo de origem da composição apresenta uma linhagem melódica tensa e inquietante. Porém, o Grupo New Swing Sextet ousou em revisitar essa música, produzindo um som dançante alatinado, obtendo um resultado muito agradável. Em tempos de quase ausentes novas peças instrumentais, o trabalho do Grupo é bem-vindo.





A música produzida pelos afrodescendentes americanos sempre chamou a atenção do grande público. Dentre esses geniais artistas, chamo a atenção dos fãs para o trabalho do Grupo Earth Wind And Fire. Let's Groove, que ouviremos a seguir, é um dos marcos gigantes da carreira dos admiráveis artistas.





Música romântica para baixo não é uma opção para curtir a vida. Ocorre que os finais infelizes fazem parte da aventura humana na Terra.
Dois foi um sucessão do Paulo Ricardo, pois a história narrada na letra fala, com amplidão, de emoções desencontradas, tão comuns na realidade das pessoas, sobretudo dos jovens. A música é boa e compensa a fossa gerada por ela.


FIM DA PRIMEIRA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
O Grupo Calypso se deu tão bem fazendo shows ao vivo em locais públicos, que o pessoal da gravadora sempre preferiu lançar os discos do Grupo com o som obtido nesses shows. Vocês sabem que tenho muitas restrições com as gravações ao vivo. No entanto, reconheço que a energia emanada nesses shows merece um registro definitivo.
Vejam que barato ficou o Frevo Mulher com o Grupo Calypso.





Precioso trabalho de versão para sax e conjunto do grande sucesso de Guilherme Arantes, Meu Mundo e Nada Mais. Evaldo Tocantins, saxofonista de ponta, encontrou o melhor caminho para criar um som envolvente e emocionante do sucesso do Guilherme.
Primorosa obra de arte, lançada pela minha querida CID. Sejamos todos muito felizes!





A MPB é uma escola de arte, talento e competência. Não é à toa que a MPB merece, por parte de quem conhece música popular, respeito e entusiasmo nesse mundão de meu Deus.
Ouçamos um trabalho excepcional com Corta-Jaca, chorinho epopeico de Chiquinha Gonzaga, na interpretação empolgante de Lysia Condé. A CID fazendo mais um golaço!





Simone fez e faz uma carreira vitoriosa, pois ela sempre teve um cuidado especial para formar seu repertório. Simone é tão comunicativa e competente, que independente da sofisticação ou não do que ela gravou e grava, o público geral compreende seu trabalho e a aplaude com todo fervor.
Cigarra é uma coisa de louco mesmo, no melhor sentido comunicativo.


FIM DA SEGUNDA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Os gringos sãos especialistas em criar um som pop vibrante e inovador. Temos de reconhecer que eles entendem de música pop:giggle: .

Uma prova dessa virtude comentada é o som do Grupo The Buggles, Video Killed The Radio Star.

Barataço!





Peabo Brison é um grande representante da canção pop moderna, derivada do spiritual, gênero em que nossos irmãos afrodescendentes dominam muitíssimo bem. Curtam o maior sucesso da carreira do Peabo, If Ever You're In My Arms Again.





Ricardo Cocciante é um dos desbravadores do conceito moderno de cantar o pop na Itália. Riccardo promoveu uma importante abertura para o engrandecimento da música italiana, mundo afora.

Inverno é uma peça extremamente tocante e bela!


FIM DA TERCEIRA E ÚLTIMA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Estimados fãs de Música e Salvação! Tenhamos todos um bom dia.

Começo o programa de hoje com uma composição de Saint Preux, Andante, versada para solo de um pistão maravilhoso. O resultado artístico ficou excepcional. Coisas de um gênio incontestado!





Espetacular apresentação do Grupo Cantares de Portel, cantando, ao vivo, Ouvi Um Passarinho. Trata-se de um arranjo legal de uma música folclórica do cancioneiro português. Portugal é um pequeno país com uma portentosa produção cultural. Aqui está uma belíssima amostra do que escrevi...





Sarah Vaughan é, para sempre, uma das mais importantes cantoras dos Estados Unidos e da Terra. Fã do Brasil, ela esteve conosco por várias vezes, a fim de mostrar seu formidável talento.

Para reverenciar a grande artista, vamos curtir What a Difference a Day Makes.





O espaço do subgênero do samba, o pagode, teve ótimos trabalhos e um outro tanto nem tanto.

Como a tarefa de Música e Salvação é divulgar, sempre, ótimas canções, vamos curtir os ótimos rapazes do Grupo Revelação e a beleza de A Pureza da Flor. Trabalho irretocável.


FIM DA PRIMEIRA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Morto precocemente, com 36 anos, Mozart sobre aproveitar bem sua presença entre nós, tornando-se um dos maiores compositores de música universal.

Pequena Serenata Noturna é um peça, curta, incomparável!





A medida em que vamos voando no repertório musical do mundo, vamos nos envolvendo com trabalhos maravilhosos, vindos de todos os cantos da Terra.

Sá e Guarabyra são representantes brasileiros de alto brilho, participando dessa turma estelar fantástica.

Coração de Maçã, doce e bela é uma obra musical da pesada!



O futuro da música, na Terra, é buscar a divulgação do belo, independentemente das canções serem produzidas séculos atrás ou nesse tempo, ora vivente.

Trabalho para vocês participarem de uma grande festa. A festa do resgate das boas músicas, buscando a reabilitação que nos una a um trajeto maravilhoso para a mãe de todas as artes, a música.

A querida Kim Carnes no dá uma excelente contribuição nesse trabalho, cantando Bette Davis Eyes!





Bruno e Morrone fazem parte dessa geração moderna, que trouxe a música sertaneja para espaços urbanos de nosso povo. O trabalho bem cuidado realizado por eles contribuiu bastante para a consolidação desse fenõmeno urbanejo, muito bem-vindo.

Dormi na praça é uma canção definitiva, pois será sempre lembrada como uma canção popular brasileira, aceita pela maioria de nosso povo.


FIM DA SEGUNDA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
A imortal Clara Nunes deixou um legado musical para o Brasil e o mundo de altíssimo valor.

Dentre as maiores cantoras do Brasil, a contribuição de Clara para o samba de grandíssima importância.

O Mar Serenou faz parte desse trabalho definitivo!





Geraldo Azevedo, com Dia Branco, enriqueceu o repertório da MPB. Música inspiradíssima é pura beleza para enfeitar nosso universo emocional.

Temos muito a que mostrar de nosso cancioneiro. Para nós mesmos e para o mundo.

Curtamos!






Fãs de Música e Salvação, não posso me esquecer de que este é um programa de rádio. Tenho de honrar minhas raízes radiofônicas, não deixando a peteca cair.

Eddy Grant vai me ajudar bastante, cantando a balançante I Don't Wanna Dance!





Saideira pegadeira de primeira. If, canção imortal, com o Grupo Bread.

Até a próxima edição de Música e Salvação, se Deus quiser!

(Ah, sim, continuo aguardando uma ligação, em meu celular, do pessoal das gravadoras. Produtor musical está disponíver no mercado :giggle: )


FIM DA TERCEIRA E ÚLTIMA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Estimados fãs de Música e Salvação!

Estou trabalhando firme e forte, para pôr no ar, nesta segunda-feira, um programaço de Música e Salvação!

Se Deus quiser, por volta das 11h30min e 12h, vamos colocá-lo no ar.

Sejamos todos muito felizes!
 
Oct
649
140
Inicio mais um programa do Projeto Música e Salvação. Trabalhei bastante para oferecer aos fãs uma opção espetacular de entretenimento, já que estamos no carnaval/não carnaval. Coisas desse tempo trágico, com conflitos de toda sorte nesse mundo errante. Deus nos guarde!

Yanni é um artista de extraordinária competência. Seu trabalho tem uma certa sofisticação, que, em princípio, pode dar receio em pesquisá-lo com mais atenção.
On Sacred Ground é uma obra espantosamente bela. Preparem-se para um começo portentoso de Música e Salvação!





Em um certo momento da música popular brasileira, criou-se uma onda de um artista tirar um sarro do outro. Alguns trabalhos mereceram a atenção do público. A genial Rita Lee lançou, então, Arrombou A Festa, que fez um enorme e justo sucesso. Ficou um barato essa criação da Rainha do Rock.

)





Wando merece ser reverenciado sempre, pela extensão e qualidade de seu repertório. O grande artista partiu cedo, mas contribuiu bastante para o acervo da MPB. Uma parte da crítica sempre torceu o nariz para o Wando. Mera demonstração de preconceito, por não ir fundo na alma e no sentimento de nosso povo.
Apresento para vocês a música Fogo e Paixão. A batida dessa canção esbarra, na melodia e no ritmo, em Hey, Girl, sucesso internacional.
O público não se atentou a isso, e o sucesso foi consagrador.





De inúmeras propostas em apresentar e fazer rock, o subgênero Rock Progressivo (pelo menos é mais chique que Sertanejo Universitário:giggle:) ocupou um espaço interessante no mercado fonográfico. O Led Zeppelin produziu trabalhos interessantes, que acertou em cheio o coração de boa parte da garotada. Stairway To Heaven foi o maior sucesso do Grupo nesse terreno muito fértil do universo pop.


FIM DA PRIMEIRA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Jorge Ben Jor é o mais aclamado artista brasileiro lá fora. Sobretudo na Europa, continente em que ele ainda mantém uma popularidade extraordinária.
A Banda do Zé Pretinho é uma criação genial do Jorge, que é o rei do balanço no Brasil.





Elvis Presley é um dos artistas mais aclamados do mundo em todos os tempos. Alguns críticos comentam que o Elvis tem um timbre vocal muito parecido com o timbre de nossos irmãos afrodescendentes, fenômeno que poderia justificar a imensa popularidade dele.
Ouçamos, agora, a belíssima canção Can't Help Falling In Love.





Guilherme Arantes, brilhante artista brasileiro, ganhou fama internacional com suas maravilhosas canções românticas. Agora, no entanto, vou tocar uma ótima música balançante, que fez também muito sucesso, Cheia de Charme.





Jimmy Cliff é um dos grandes difusores do reggae, mundo afora, juntamente com Bob Marley.

Vou mostrar a vocês uma musicona dele, Treat The Youth Right. A curiosidade da canção é a proeminência da cuíca brasileira, na mixagem final da gravação. Um barato!


FIM DA SEGUNDA PARTE
 
Última edição:
Oct
649
140
Fábio Júnior é um artista completo, cantor, compositor, ator, enfim, o cara nasceu com muitas qualidades e bem merece toda essa visibilidade, aqui e alhures.
Trago aos fãs, na minha opinião, a melhor música gravada por ele, 1001 Noites e Mais Uma. Inspiradora!





O gênero pop, por meio da Disco Music, revelou muito gente boa e outras nem tanto. Dee D. Jackson, por exemplo, é uma cantora que trabalha muito bem o ritmo e a melodia de seus sucessos, como Meteor Man.





A dupla Toquinho e Vinícius de Morais compuseram grandes canções para o sucesso de O Bem Amado, primeira novela brasileira produzida em cores no Brasil. Meu Pai Oxalá foi um sucessão da trilha dessa novela, criada por Dias Gomes.





Fecho o programa Música e Salvação, de hoje, com a belíssima canção do gênero venturoso da Nova Era. É Amethytium com o ótimo Grupo Arcane Voices.

Até o proximo programa. Muito obrigado pela audiência!


FIM DA TERCEIRA E ÚLTIMA PARTE
 
Última edição:
Top