Bem-vindo!

Ao se registrar conosco, você poderá discutir, compartilhar e enviar mensagens privadas com outros membros de nossa comunidade.

Inscreva-se agora!
  • Olá, o tema escuro já está disponível no HT Fórum. Para usar, basta ir no final da página e clicar em (Fluent), em seguida selecione o (Fluent V2 Dark).

Canais pagos da TV por assinatura

Membro conhecido
Sep
5,018
2,519
Tópico para debate opiniões sobre canais pagos e notícias e audiência.


 
Membro conhecido
Sep
5,018
2,519

 
Membro conhecido
Sep
2,672
2,027
Turma-da-cor-Divulgação-BabyFirst.jpg

PAY TV

28/09/2020, 21:08

Stenna traz ao Brasil o BabyFirst TV

Avatar
POR REDAÇÃO
[email protected]

O grupo Stenna anuncia que está trazendo ao Brasil, neste mês de outubro, o BabyFirst TV, um dos maiores canais de TV por assinatura totalmente dedicados a crianças em fase pré-escolar do mundo. O canal ajuda no desenvolvimento e ensina novas habilidades, conhecimentos, valores, capacidade de percepção e de relacionamento. A Stenna Media fará a representação comercial do canal para operadores que queiram distribuir o canal para seus assinantes.

A programação do BabyFirst TV é desenvolvida e supervisionada por especialistas na área de pedagogia e suas animações estão entre as melhores para ajudar as crianças a aprenderem o básico da educação antes de entrarem na escola, proporcionando uma experiência única e envolvente durante as primeiras fases da vida. Com ele, os bebês podem aprender desde o "ABC" até animais, cores e formas, entre outros conceitos. Todos os programas têm classificação livre. Entre os destaques, estão "Ovos Surpresa do Larry", Turma da Cor", "Família Musical" e "Músicas de ninar BabyFirst".

O BabyFirst TV está disponível na plataforma de streaming Roku, lançada no Brasil em setembro deste ano. Multiplataforma, está disponível também para contratação como canal linear. Além disso, seu canal do YouTube no Brasil possui mais de 218 mil assinantes, além de mais de 2 milhões no canal internacional, sendo uma das maiores coleções da internet de recursos educacionais, canções infantis para crianças e desenhos animados para os bebês.
 
Membro conhecido
Sep
5,018
2,519




 
Membro conhecido
Sep
5,018
2,519



 
Membro conhecido
Sep
2,672
2,027
Audiência de setembro: Sportv dispara e Record sobe com A Fazenda; veja ranking completo


Confira abaixo o ranking de setembro com a audiência de todos os canais que contam com a aferição de dados da Kantar Ibope. Os números se referem ao Painel Nacional de Televisão, e cada ponto equivale a 260.560 domicílios sintonizados.

Na ferrenha disputa pela vice-liderança, a Record conseguiu levar a melhor e fechou a média dos 30 dias do mês com 4,26 pontos. A emissora se beneficiou com a estreia da 12ª temporada de A Fazenda, que turbinou o desempenho do horário nobre em todo o país.

a-fazenda-jojo.jpg


A ausência da Champions League não foi nada boa para a Turner. A TNT, que transmitiu a final do torneio, despencou no ranking de audiências de setembro e caiu 16 posições, indo do 8º para o 24º lugar. Sem os jogos de Neymar e Cristiano Ronaldo, o canal perdeu 43% de seu público.

Entre os esportivos, o SporTV voltou a levar a melhor e liderou o seu segmento com 0,18 ponto. A emissora do Grupo Globo abriu 11 posições de vantagem para o segundo canal esportivo mais sintonizado no mês, a Fox Sports (0,13).

Confira a lista completa:

1º – Globo 12,06
2º – Record 4,26
3º – SBT 4,01
4º – Band 1,18
5º – RedeTV! 0,52
6º – Viva 0,28
7º – Cultura 0,25
8º – Cartoon Network 0,21
9º – TV Brasil 0,19
10º – Discovery Kids 0,19
11º – GloboNews 0,19
12º – SporTV 0,18
13º – Discovery Channel 0,18
14º – Rede Vida 0,17
15º – Gloob 0,17
16º – Universal TV 0,16
17º – Megapix 0,16
18º – AXN 0,16
19º – Nickelodeon 0,14
20º – Record News 0,14
21º – TV Aparecida 0,14
22º – Discovery H&H 0,13
23º – Fox Sports 0,13
24º – TNT 0,13
25º – Multishow 0,11
26º – Space 0,11
27º – Fox Channel 0,11
28º – Warner Channel 0,10
29º – ID 0,09
30º – TNT Séries 0,08
31º – Boomerang 0,08
32º – Nick Jr 0,07
33º – TLC 0,07
34º – Telecine Action 0,07
35º – GNT 0,07
36º – Animal Planet 0,07
37º – NatGeo 0,07
38º – Disney Channel 0,07
39º – Comedy Central 0,07
40º – Gazeta 0,07
41º – Telecine Pipoca 0,07
42º – SporTV 2 0,06
43º – FX 0,06
44º – History 0,06
45º – Cinemax 0,06
46º – CNN Brasil 0,06
47º – Telecine Premium 0,06
48º – ESPN Brasil 0,06
49º – Paramount Network 0,05
50º – SporTV 3 0,05
51º – Discovery Turbo 0,04
52º – Telecine Fun 0,04
53º – Canal Brasil 0,04
54º – Sony Channel 0,04
55º – Studio Universal 0,04
56º – Fox Life 0,04
57º – CNT 0,04
58º – TV Novo Tempo 0,04
59º – RIT 0,04
60º – NatGeo Wild 0,04
61º – ESPN 0,03
62º – A&E 0,03
63º – Telecine Touch 0,03
64º – Disney XD 0,03
65º – Disney Jr 0,03
66º – AMC 0,03
67º – Food Network 0,03
68º – BandNews 0,02
69º – MTV 0,02
70º – HBO 0,02
71º – H2 0,02
72º – HBO2 0,02
73º – E! 0,02
74º – Lifetime 0,02
75º – Telecine Cult 0,02
76º – TBS 0,01
77º – Fox Sports 2 0,01
78º – TV Escola 0,01
79º – TCM 0,01
80º – TV Câmara 0,01
81º – TV Senado 0,01
82º – ESPN2 0,01
83º – BandSports 0,01
84º – SyFy 0,01
85º – Futura 0,01
86º – Shoptime 0,01
87º – NatGeo Kids 0,00
88º – Film&Arts 0,00
89º – Travel Box Brazil 0,00
90º – WooHoo 0,00
91º – TV Justiça 0,00
 
Membro conhecido
Sep
5,018
2,519
Membro conhecido
Sep
2,672
2,027
TV paga ganha novos assinantes em agosto depois de meses de queda


Reprodução

A TV paga ganhou novos assinantes em agosto, a primeira vez desde maio de 2017. Conforme dados publicados pela Anatel, o segmento terminou agosto com 15,13 milhões de assinantes, uma alta de 0,46% frente a julho. Ou seja, houve acréscimo de 68,73 mil usuários.

A alta foi puxada pelo uso da tecnologia de IPTV associada às redes FTTH das operadoras. A Anatel contabilizou 1,056 milhão de acessos do tipo no mês, contra 960 mil em julho. As demais tecnologias (cabo e DTH) tiveram retração, embora continuem a predominar: o cabo fechou o mês com 6,52 milhões de acessos, enquanto o DTH, com 7,54 milhões.

Os dados também apontam que o fenômeno pode não significar fim da retração no setor, mas reflexos de dados que nunca antes foram repassados à agência por pequenos provedores de internet – grupo que padece de subnotificação. No mês apareceram na contabilidade da agência os números da Brisanet, que não constavam em julho. E, no caso, somam mais 83 mil acessos, o que explica o crescimento total.

Houve um salto de quase 100 mil clientes no mês (para uma base total de 389 mil assinantes), o que pode indicar algum erro de registro de dados ou, mais provavelmente, a simples correção de dados incorretos de julho, quando a queda entre estes operadores independentes havia sido superior a 120 mil clientes, algo também muito fora do padrões dos meses anteriores. Quando se olha os resultados das grandes operadoras, não se observa variações de tendências significativas.

Com os dados da Brisanet, os ISPs foram responsáveis pelo acréscimo de 96 mil novos usuários à base de TV paga brasileira em agosto. As grandes operadoras, por sua vez, tiveram 27 mil desligamentos como saldo.

Sky e Oi apresentaram crescimento, enquanto Claro e Vivo registraram retração.


Operadorasjul/20ago/20SaldoVariação
CLARO7.311.1707.245.465-65.705-0,90%
OI1.530.3201.559.08728.7671,88%
SKY/AT&T4.648.1764.663.03514.8590,32%
VIVO1.269.1881.263.923-5.265-0,41%


A Claro, principal operadora, por exemplo, perdeu 65 mil assinantes no mês, fechando com uma base de 7,245 milhões de usuários, sendo 944 mil no DTH e 6,3 milhões no cabo. Já a Sky e a Oi seguem trajetórias de alta registradas nos últimos meses. A Sky ganhou em agosto quase 15 mil assinantes, ficando com uma base total de 4,663 milhões de assinantes. O crescimento da operadora guarda relação com a transferência dos clientes da Algar Telecom, que deixou de atuar no mercado de TV paga e já está com apenas 8 mil assinantes. Outra operadora que tem registrado crescimento nos últimos meses é a OiTV. Em agosto a operadora adicionou 28,7 mil assinantes, repetindo o bom desempenho de julho, quando havia crescido 44 mil clientes. A OiTV, que chegou a agosto com 1,56 milhão de clientes, está em processo de venda dentro da reestruturação do grupo, o que pode explicar uma política mais agressiva de ampliação de base. A Vivo TV perdeu cerca de 5 mil clientes no mês, para uma base em agosto de 1,263 milhão de clientes.

Em termos de participação de mercado, a Claro segue líder na TV paga, como 47,9% de share, o que equivale a 7,24 milhões de clientes. É seguida pela Sky, que tem 30,8%, ou 4,66 milhões de assinantes. E pela Oi, com 1,55 milhão (10,3%), e Vivo, com 1,26 milhão (8,4%).

Na média dos últimos 12 meses, porém, a TV paga segue com a sangria: queda de 8,2% nos assinantes. Por outro lado esse índice mostra que o ritmo de queda pelo menos está menor.

Em dezembro passado, a média do número de assinantes nos últimos doze meses era de -10,2%. Em julho, esse número estava em -9,8%. Já em agosto, a média ficou em -8,2%.

O auge da TV paga no Brasil ocorreu em novembro de 2014, alcançando quase 20 milhões de assinantes, em decorrência da Copa do Mundo, realizada no Brasil. Desde então, o setor vem sofrendo baixa no seu número de assinantes.

Em agosto passado, 49,9% dos assinantes utilizavam antenas parabólicas (DTH) para acessar a TV por assinatura, 43,1% cabo e 7,0% fibra óptica.

Dois anos antes executivos ligados ao setor estimavam que o país chegaria a 40 milhões de assinantes até 2017.
 
Membro conhecido
Sep
5,018
2,519

 
Top