Notícias

“Comece agora”: conheça o novo golpe do WhatsApp; com um clique, eles roubam dados e dinheiro

Cuidado com o golpe novo do Whatsapp (Foto: Reprodução/ Canva/ Colagem)

Cuidado com novo golpe do WhatsApp

O aplicativo WhatsApp é uma das ferramentas de comunicação mais utilizadas tanto pessoalmente quanto no trabalho, destacando-se em vários países com suas funções e recursos que facilitam a interação através de mensagens de texto, notas de voz, emojis, adesivos, chamadas e videochamadas.

Contudo, sua popularidade também atraiu a atenção de cibercriminosos que, utilizando diversas táticas, buscam acessar dados pessoais e bancários dos usuários para fraudes ou para venda na dark web, conforme informações da Revista Semana.

Continua após o anúncio

Usuários compartilham diariamente uma vasta quantidade de informações através de plataformas digitais como WhatsApp, Facebook, Instagram, e-mail e carteiras digitais, incluindo senhas, nomes de usuário, arquivos, fotos, vídeos e outros conteúdos que necessitam de proteção adequada para não serem acessados por indivíduos mal-intencionados.

Recentemente, foi revelado um novo tipo de fraude que vem se proliferando em diversos países. É crucial estar informado sobre seu funcionamento para não se tornar uma vítima.

Continua após a publicidade

Trata-se dos perigos associados a atender chamadas de vídeo de números desconhecidos, uma prática que pode permitir o controle do dispositivo móvel do usuário. Frequentemente, os fraudadores se passam por amigos ou familiares como “isca” para enganar os usuários e obter acesso ao home banking – serviços bancários acessíveis pela internet em computadores, tablets ou smartphones.

WhatsApp introduz recurso de IA criativa (Foto: Reprodução)
WhatsApp introduz recurso de IA criativa (Foto: Reprodução)

Novo canal com ex-funcionários da Jovem Pan será lançado

A astúcia dos cibercriminosos é tal que conseguem convencer as vítimas a aceitar chamadas de vídeo. Ao aceitar, enganadas pela imitação de um amigo ou familiar, as vítimas são instruídas a pressionar um botão que aparece na tela do celular.

A vítima então recebe um alerta falso, supostamente do aplicativo: “O WhatsApp acessará todas as informações visíveis na tela ou reproduzidas no seu dispositivo durante uma gravação ou transmissão. Isso inclui senhas, detalhes de pagamento, fotos, mensagens e áudio.”

Contudo, ao selecionar “começar agora”, os criminosos ganham acesso a todos os aplicativos do dispositivo. É crucial interromper qualquer ação quando confrontado com as “demandas” do cibercriminoso, pois compartilhar a tela coloca em risco o home banking do usuário.

É importante notar que o aplicativo da Meta oferece várias opções de segurança para navegação segura. Por exemplo, é possível configurar uma opção que previne completamente esse tipo de fraude.

Para isso, abra o aplicativo, vá até “configurações”, clique em “Privacidade” e depois em “Grupo”. Lá, escolha a opção que permite ser adicionado apenas a grupos de contatos conhecidos, evitando assim que cibercriminosos o incluam em grupos fraudulentos que ameaçam a segurança dos seus dados pessoais.

Continua após a publicidade

Compartilhe:
Mostrar comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *