Dicas de CasaTutoriais

Aprenda a fazer seu PC rodar melhor com Windows 10

Windows 10 (Foto: Divulgação/ Colagem)

Aprenda a fazer seu dispositivo com Windows 10 “voar”

Windows 10: Em breve, o Windows 11 celebrará três anos desde seu lançamento, mas muitos ainda não atualizaram seus PCs. Alguns usuários temem que a atualização possa prejudicar o desempenho de seus computadores ou acreditam que o Windows 11 não traz melhorias significativas. Outros enfrentam limitações de hardware, como CPUs mais antigas, que não suportam o novo sistema.

Ainda assim, uma grande parcela de usuários permanece no Windows 10. De acordo com o Steam, 49,42% dos usuários utilizam essa versão, uma redução em relação aos 59% do ano anterior. Já os dados do Statcounter indicam que 66,04% dos usuários continuam no Windows 10. Informações do IGN.

Continua após o anúncio

Para aqueles que optam por continuar no Windows 10, é aconselhável realizar ajustes nas configurações do sistema para otimizar o desempenho, evitar interrupções frequentes e garantir maior segurança dos dados.

1. Para bloquear o upload de atualizações, siga estes passos: Abra “Configurações” com Windows + I, clique em “Atualização e Segurança”, vá para “Otimização de Entrega” e desative “Permitir downloads de outros PCs”. Isso impede o uso da sua largura de banda para compartilhar atualizações.

Continua após a publicidade
Desligue a Cortana (Foto: Divulgação)
Desligue a Cortana (Foto: Divulgação)

Aprenda a evitar o superaquecimento durante atualizações de software

2. Para desativar a Cortana, que monitora sua digitação e fala para personalizar respostas, mas não é essencial para o uso diário, pressione Windows + I, vá para “Privacidade”, selecione “Reconhecimento de voz, entrada manuscrita e digitação” e desative a opção correspondente.

3. Elimine notificações indesejadas

O Windows 10 possui um centro de notificações projetado para mantê-lo informado sobre as atividades em seus aplicativos preferidos, como e-mail ou calendário. No entanto, essas notificações podem se tornar invasivas e sobrecarregar você. É recomendável personalizar quais serviços ou aplicativos têm permissão para enviar notificações, adequando-as às suas preferências. Siga estes passos para configurar:

Entre em “Configurações”.
Selecione “Sistema”.
Escolha “Notificações e ações”.
Analise e desative as notificações que não deseja receber, como dicas ou recomendações do Windows.

4. Interrompa o recebimento de anúncios personalizados

Assim como na navegação na web, o Windows 10 registra seu comportamento de uso com um ID de publicidade exclusivo, personalizando os anúncios que você vê.

Contudo, essa informação não se limita aos servidores da Microsoft e pode ser compartilhada com outras empresas. Embora não seja possível desativar completamente a publicidade, é possível limitá-la. Para um maior controle sobre suas informações, proceda da seguinte forma:

Vá até “Configurações”.
Acesse “Privacidade”.
Clique em “Geral”.
Desative a opção referente ao ID de publicidade para resetá-lo.

5. Remova propagandas do menu Iniciar do Windows 10

Anúncios podem aparecer em todo o sistema operacional, inclusive no menu Iniciar, devido às configurações padrão, sejam eles da Microsoft Store ou de terceiros. Para remover esses anúncios, siga os passos:

Abra “Configurações”.
Dirija-se a “Personalização”.
Desligue a opção “Mostrar sugestões ocasionais em Iniciar”.

6. Desative aplicativos em segundo plano

Aplicativos em segundo plano estão sempre ativos, mesmo quando não estão sendo usados ativamente. Eles consomem recursos valiosos como CPU, RAM e GPU. Por isso, é essencial desativar esses processos que operam sem seu controle direto.

Entre em “Configurações”.
Selecione “Privacidade”.
Vá para “Aplicativos em segundo plano”.
Desligue essa função na primeira opção disponível.

7. Evite sincronização automática no Windows 10

O Windows, como sistema operacional, está sempre sincronizando configurações, senhas e o histórico do usuário. Isso pode sacrificar recursos que poderiam ser usados em outros processos. Portanto, pode ser benéfico desativar completamente essas sincronizações.

Acesse as “Configurações” do Windows.
Escolha “Contas”.
Clique em “Configurações de sincronização”.
Desmarque as permissões para os processos que você não quer que sejam sincronizados.

Continua após a publicidade

Compartilhe:
Mostrar comentários (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *