Bem-vindo!

Ao se registrar conosco, você poderá discutir, compartilhar e enviar mensagens privadas com outros membros de nossa comunidade.

Inscreva-se agora!
  • Olá, o tema escuro já está disponível no HT Fórum. Para usar, basta ir no final da página e clicar em (Fluent), em seguida selecione o (Fluent V2 Dark).

Radios FM Faixa Estendida

Membro conhecido
Oct
602
319
Liberação da faixa estendida de FM é adiada
Publicado em: 11/08/2020

A ANATEL decidiu adiar a liberação da faixa estendida de FM que aconteceria na segunda-feira (10/08) para o dia 03 de novembro.

A decisão foi publicada na resolução Nº 731 publicada em julho. A medida atrasa o processo de migração das emissoras que não conseguiram frequência na atual faixa de FM e, por isso, era aguardada com grande expectativa pelo setor. Só em Santa Catarina cerca de 45 emissoras precisam do FM estendido para concluir a migração.

As emissoras que vão para FM estendido ocuparão a faixa entre 76.1 FM e 87.3 FM. Na sequência, as sintonias 87.5 FM à 87.9 FM deverão acomodar as rádios comunitárias (RADCOM). Já o espectro convencional seguirá a partir de 88.1 FM. A liberação do FM estendido depende do desligamento dos canais 5 e 6 da TV Analógica e consequente migração para o sinal digital, processo iniciado em 2016 e que deve ser concluído em todo o Brasil até 2023.

 
Membro conhecido
Sep
342
544
ACAERT (SC)
A elaboração desse estudo técnico só foi possível depois que a ANATEL publicou o ATO nº 3115 em 14/10/2020, que trouxe a extinção da necessidade de considerar nas viabilidades técnicas a proteção ao segundo canal adjacente, ampliando a possibilidade de acomodar novos canais em FM.”
 
Membro conhecido
Oct
602
319
ACAERT (SC)
A elaboração desse estudo técnico só foi possível depois que a ANATEL publicou o ATO nº 3115 em 14/10/2020, que trouxe a extinção da necessidade de considerar nas viabilidades técnicas a proteção ao segundo canal adjacente, ampliando a possibilidade de acomodar novos canais em FM.”

Se as emissoras que operam em AM migrarem para a faixa de FM 88-108 MHz operando no modo FM Narrowband (Banda Estreita) Monofônico, o risco de interferências diminuirá, o alcance das emissoras aumentará e haverá grande economia de energia nos transmissores.
 
Membro conhecido
Sep
697
693
Se as emissoras que operam em AM migrarem para a faixa de FM 88-108 MHz operando no modo FM Narrowband (Banda Estreita) Monofônico, o risco de interferências diminuirá, o alcance das emissoras aumentará e haverá grande economia de energia nos transmissores.

Só os ouvintes das rádios que não vão gostar, né? rádio mono, ninguém merece...
 
Membro conhecido
Oct
602
319
Só os ouvintes das rádios que não vão gostar, né? rádio mono, ninguém merece...
Concordo em partes, Edu.
Usar um canal de FM de alta fidelidade para transmitir uma programação típica de AM, na qual a locução prevalece, é um desperdício injustificável. Aliás, muitas emissoras noticiosas atuais operam em mono.
Uma emissora FM estereofônica em FM requer 100 vezes mais potência que uma emissora monofonica, a fim de obter resultados equivalentes de ruído de fundo, por exemplo.
 
Última edição:
Membro ativo
Sep
69
178
Eu acompanhava a "Turma da Maré Mansa" ainda na Super Rádio Tupi AM 1280 KHz do Rio de Janeiro.
Entre 1979 e 1982 mais ou menos.
O programa era diário no horário das 21:00 as 22:00 hs exceto quanto tinha futebol. Com a locução marcante de Antonio Luis.
Tinha o patrocínio da Casas Sendas, entre outras.
Na fase da Rádio Globo eu já não acompanhava mais.

Bons tempos...
 
Última edição:
Membro conhecido
Sep
342
544
Eu acompanhava a "Turma da Maré Mansa" ainda na Super Rádio Tupi AM 1280 KHz do Rio de Janeiro.
Entre 1979 e 1982 mais ou menos.
O programa era diário no horário das 21:00 as 22:00 hs exceto quanto tinha futebol. Com a locução marcante de Antonio Luis.
Tinha o patrocínio da Casa Sendas, entre outras.
Na fase da Rádio Globo eu já não acompanhava mais.

Bons tempos...
Somos dois!
 
Membro conhecido
Oct
602
319
22 de Junho de 2023 (*1)

Levantamento: Brasil tem 35 estações em FM estendido; a maioria está em São Paulo​


Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
22 de Junho de 2023 (*1)

Como esperado, capital paulista é aquela que conta com o maior número de estações em eFM
Das 970 emissoras migrantes AM-FM catalogadas pelo tudoradio.com, 27 delas estão na chamada “banda estendida do FM”. Trata-se da nova faixa do dial que é iniciada em 76.1 FM e foi originada principalmente para acomodar estações originadas na faixa AM em regiões que não contam com espaço disponível no “FM convencional”, ou seja, entre 88.1 FM a 107.9 FM. Das 27 emissoras nessa situação, 18 delas são paulistas. E o número de rádios ativas em eFM (FM estendido) sobe se consideradas as estações implantação pela EBC (Empresa Brasil de Comunicação). Acompanhe:
Como já era esperado, São Paulo é o estado com mais estações em eFM ativas, com destaque especial para a capital paulista e a região metropolitana. Essa área pequena do país, mas que está entre as mais populosas do planeta, é casa de 10 estações em faixa estendida. E esse número cresce se considerar o entorno próximo, como as regiões de Campinas e Sorocaba, indo para 17 rádios. E, se adicionada à lista a Rádio Nacional FM 87.1 de São Paulo , que não é uma migrante AM-FM, o total de eFM no estado é de 19.
Outro estado com destaque na ocupação do eFM é o Rio Grande do Sul, puxado pela Grande Porto Alegre. Lá já são cinco estações em faixa estendida ativas no dial, todas originadas do AM. E o estado ainda conta com outra emissora em eFM na Serra Gaúcha, totalizando seis estações ativas na nova faixa.
O Paraná passou a contar recentemente com duas estações em eFM, após um longo tempo com apenas uma rádio ativa nessa parte do dial. Para se escutar uma FM em dial estendido em território paranaense é preciso estar em Curitiba, origem das duas emissoras migrantes AM-FM que estão nessa condição.
De migrante AM-FM ativa na faixa estendida fora dos três estados já citados está apenas a pernambucana Rádio JC FM 76.1 do Recife, uma das pioneiras no eFM brasileiro. Mas ela não está sozinha neste canto em sua região, já que a capital pernambucana também passou a contar com uma rádio da EBC em eFM, a Rádio Nacional FM 87.1.
O Rio de Janeiro conta também com a Rádio Nacional FM 87.1, mas não tem migrantes AM-FM ativas em eFM. Porém isso deverá mudar em breve, já que duas emissoras AMs da capital Fluminense já anunciaram que estão na reta final de ativarem suas estações em FM (Rádio Manchete AM 760 que vai para 76.9 FM e Rádio Bandeirantes AM 860 em 84.9 FM).
Belo Horizonte e Brasília são os outros dois mercados com eFM no dial por causa da EBC, mas também são praças onde o processo de migração AM-FM deverá ocupar esse canto do dial.
Veja a lista completa:
Paraná:
79.3 FM - Rádio Banda B - Curitiba
83.7 FM - Rede Aleluia - Curitiba
Pernambuco:
76.1 FM - Rádio JC FM - Recife
Rio Grande do Sul:
79.9 FM - Tua Rádio São Francisco - Caxias do Sul
80.7 FM - Rádio Metrópole - Cachoeirinha / Gravataí
81.9 FM - Maisnova FM - São Leopoldo
82.9 FM - Rádio Cidade Gospel - Caxias do Sul
83.3 FM - Rádio Liberdade - Porto Alegre
84.9 FM - Play FM - Porto Alegre
São Paulo:
76.7 FM - Jovem Pan News - São Paulo
77.5 FM - Rádio Capital - São Paulo
77.9 FM - Rádio Cultura Brasil - São Paulo
79.7 FM - Rádio Bragança - Bragança Paulista
79.9 FM - Rádio Nova Difusora - Osasco
80.1 FM - Class FM - Sorocaba
80.7 FM - Super Rádio - São Caetano do Sul
80.9 FM - Rádio RBC Belém - Ibiúna
81.9 FM - Rádio ABC - Santo André
81.9 FM - Rádio Brasil - Santa Bárbara d'Oeste
82.5 FM - Rádio Azul - Americana
82.9 FM - Melhor FM - Limeira
83.1 FM - Rádio Vibe Mundial - Santa Isabel / São Paulo
84.3 FM - Rádio Nova Morada - São Paulo
84.7 FM - GRU FM - Guarulhos
85.3 FM - Rádio Bandeirantes - Ribeirão Preto
85.7 FM - Rádio Bandeirantes - Campinas
86.3 FM - Rádio Bandeirantes - São Paulo
Estações da EBC:
87.1 FM - Rádio MEC - Belo Horizonte (MG)
87.1 FM - Rádio MEC - Brasília (DF)
87.1 FM - Rádio Nacional - Recife (PE)
87.1 FM - Rádio Nacional - Rio de Janeiro (RJ)
87.1 FM - Rádio Nacional - São Paulo (SP)

O levantamento da migração AM-FM feito pelo tudoradio.com
O número é relacionado ao levantamento feito pelo tudoradio.com nos dials AM/FM no portal. Até o fechamento deste texto, o guia Dials FM/AM do tudoradio.com contava com 970 estações indicadas como migrantes AM-FM ativas em FM e mais 12 emissoras em "caráter científico" (sendo 11 estações em FM originadas na faixa AM).
O levantamento completo (inclusive o número de migrantes por estado) pode ser acompanhado aqui. A atualização é diária, também sendo relatada pelo Mapa da Atualização do tudoradio.com.
Fonte: Tudo Rádio

fonte:

(*1) 22 de Junho de 2023
Efeito Rubinho Barrichello. Antes tarde do que nunca :) !
 
Membro conhecido
Feb
1,598
1,956
Curiosidade: e como estaria atualmente, quanto as emissoras FMe após quase 11 meses da publicação daquela informação do sindicato das empresas de rádio e TV do RS?
 
Membro ativo
Sep
90
105
22 de Junho de 2023 (*1)

Levantamento: Brasil tem 35 estações em FM estendido; a maioria está em São Paulo​


Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS
22 de Junho de 2023 (*1)

Como esperado, capital paulista é aquela que conta com o maior número de estações em eFM
Das 970 emissoras migrantes AM-FM catalogadas pelo tudoradio.com, 27 delas estão na chamada “banda estendida do FM”. Trata-se da nova faixa do dial que é iniciada em 76.1 FM e foi originada principalmente para acomodar estações originadas na faixa AM em regiões que não contam com espaço disponível no “FM convencional”, ou seja, entre 88.1 FM a 107.9 FM. Das 27 emissoras nessa situação, 18 delas são paulistas. E o número de rádios ativas em eFM (FM estendido) sobe se consideradas as estações implantação pela EBC (Empresa Brasil de Comunicação). Acompanhe:
Como já era esperado, São Paulo é o estado com mais estações em eFM ativas, com destaque especial para a capital paulista e a região metropolitana. Essa área pequena do país, mas que está entre as mais populosas do planeta, é casa de 10 estações em faixa estendida. E esse número cresce se considerar o entorno próximo, como as regiões de Campinas e Sorocaba, indo para 17 rádios. E, se adicionada à lista a Rádio Nacional FM 87.1 de São Paulo , que não é uma migrante AM-FM, o total de eFM no estado é de 19.
Outro estado com destaque na ocupação do eFM é o Rio Grande do Sul, puxado pela Grande Porto Alegre. Lá já são cinco estações em faixa estendida ativas no dial, todas originadas do AM. E o estado ainda conta com outra emissora em eFM na Serra Gaúcha, totalizando seis estações ativas na nova faixa.
O Paraná passou a contar recentemente com duas estações em eFM, após um longo tempo com apenas uma rádio ativa nessa parte do dial. Para se escutar uma FM em dial estendido em território paranaense é preciso estar em Curitiba, origem das duas emissoras migrantes AM-FM que estão nessa condição.
De migrante AM-FM ativa na faixa estendida fora dos três estados já citados está apenas a pernambucana Rádio JC FM 76.1 do Recife, uma das pioneiras no eFM brasileiro. Mas ela não está sozinha neste canto em sua região, já que a capital pernambucana também passou a contar com uma rádio da EBC em eFM, a Rádio Nacional FM 87.1.
O Rio de Janeiro conta também com a Rádio Nacional FM 87.1, mas não tem migrantes AM-FM ativas em eFM. Porém isso deverá mudar em breve, já que duas emissoras AMs da capital Fluminense já anunciaram que estão na reta final de ativarem suas estações em FM (Rádio Manchete AM 760 que vai para 76.9 FM e Rádio Bandeirantes AM 860 em 84.9 FM).
Belo Horizonte e Brasília são os outros dois mercados com eFM no dial por causa da EBC, mas também são praças onde o processo de migração AM-FM deverá ocupar esse canto do dial.
Veja a lista completa:
Paraná:
79.3 FM - Rádio Banda B - Curitiba
83.7 FM - Rede Aleluia - Curitiba
Pernambuco:
76.1 FM - Rádio JC FM - Recife
Rio Grande do Sul:
79.9 FM - Tua Rádio São Francisco - Caxias do Sul
80.7 FM - Rádio Metrópole - Cachoeirinha / Gravataí
81.9 FM - Maisnova FM - São Leopoldo
82.9 FM - Rádio Cidade Gospel - Caxias do Sul
83.3 FM - Rádio Liberdade - Porto Alegre
84.9 FM - Play FM - Porto Alegre
São Paulo:
76.7 FM - Jovem Pan News - São Paulo
77.5 FM - Rádio Capital - São Paulo
77.9 FM - Rádio Cultura Brasil - São Paulo
79.7 FM - Rádio Bragança - Bragança Paulista
79.9 FM - Rádio Nova Difusora - Osasco
80.1 FM - Class FM - Sorocaba
80.7 FM - Super Rádio - São Caetano do Sul
80.9 FM - Rádio RBC Belém - Ibiúna
81.9 FM - Rádio ABC - Santo André
81.9 FM - Rádio Brasil - Santa Bárbara d'Oeste
82.5 FM - Rádio Azul - Americana
82.9 FM - Melhor FM - Limeira
83.1 FM - Rádio Vibe Mundial - Santa Isabel / São Paulo
84.3 FM - Rádio Nova Morada - São Paulo
84.7 FM - GRU FM - Guarulhos
85.3 FM - Rádio Bandeirantes - Ribeirão Preto
85.7 FM - Rádio Bandeirantes - Campinas
86.3 FM - Rádio Bandeirantes - São Paulo
Estações da EBC:
87.1 FM - Rádio MEC - Belo Horizonte (MG)
87.1 FM - Rádio MEC - Brasília (DF)
87.1 FM - Rádio Nacional - Recife (PE)
87.1 FM - Rádio Nacional - Rio de Janeiro (RJ)
87.1 FM - Rádio Nacional - São Paulo (SP)

O levantamento da migração AM-FM feito pelo tudoradio.com
O número é relacionado ao levantamento feito pelo tudoradio.com nos dials AM/FM no portal. Até o fechamento deste texto, o guia Dials FM/AM do tudoradio.com contava com 970 estações indicadas como migrantes AM-FM ativas em FM e mais 12 emissoras em "caráter científico" (sendo 11 estações em FM originadas na faixa AM).
O levantamento completo (inclusive o número de migrantes por estado) pode ser acompanhado aqui. A atualização é diária, também sendo relatada pelo Mapa da Atualização do tudoradio.com.
Fonte: Tudo Rádio

fonte:

(*1) 22 de Junho de 2023
Efeito Rubinho Barrichello. Antes tarde do que nunca :) !
Ribeirão Preto não possui nenhuma emissora no FMe. Esta rádio Bandeirantes já migrou para 101.9 e virou Nativa. A princípio eram 5 no FMe. Hoje resta apenas uma (80.1) que está tentando entrar no FM convencional, se não me engano no 104.7, e que não teve mudança aprovada por interferência em outra rádio da região.

Restam 2 originadas de OT/OC que ainda não foram outorgadas e que deverão continuar no FMe
 
Membro conhecido
Mar
1,988
3,503
Recentemente estive pesquisando a situação das emissoras paulistas no Mosaico. Hoje está assim:

76.7 FM - Jovem Pan News - São Paulo Outorgada, aguardando dados da estação
77.5 FM - Rádio Capital - São Paulo
Canal vago
77.9 FM - Rádio Cultura Brasil - São Paulo
Canal vago
79.7 FM - Rádio Bragança - Bragança Paulista
Licenciada
79.9 FM - Rádio Nova Difusora - Osasco
Licenciada
80.1 FM - Class FM - Sorocaba
Licenciada
80.7 FM - Super Rádio - São Caetano do Sul
Licenciada
80.9 FM - Rádio RBC Belém - Ibiúna
Licenciada
81.9 FM - Rádio ABC - Santo André
Licenciada
81.9 FM - Rádio Brasil - Santa Bárbara d'Oeste
Outorgada, aguardando ato de RF
82.5 FM - Rádio Azul - Americana
Licenciada
82.9 FM - Melhor FM - Limeira
Licenciada
83.1 FM - Rádio Vibe Mundial - Santa Isabel / São Paulo
Nenhum resultado
84.3 FM - Rádio Nova Morada - São Paulo
Canal vago
84.7 FM - GRU FM - Guarulhos
Canal vago
85.3 FM - Rádio Bandeirantes - Ribeirão Preto
Nenhum resultado
85.7 FM - Rádio Bandeirantes - Campinas
Outorgada, aguardando dados da estação
86.3 FM - Rádio Bandeirantes - São Paulo
Canal vago

Somente as licenciadas possuem indicativo (prefixo). Há mais rádios cujo licenciamento se deu após junho/2023:
76.1 FM - ??? - Cotia
ainda não está no ar
76.3 FM - Rádio Clube - Americana
77.5 FM - Rádio Jauense - Jaú
79.7 FM - Vale FM - Salto
84.9 FM - EP FM - Campinas
85.3 FM - Jovem Pan News - Campinas
85.5 FM - Rádio Boa Nova - Guarulhos
86.5 FM - ??? - Piracicaba
ainda não está no ar
86,7 FM - Estilo FM - Itapevi
 
Membro conhecido
Feb
1,598
1,956
E salvo engano, a Capital, Cultura, Nova Morada ( atualmente LBV ) e a GRU encontram-se no ar. ( não possuo nenhum receptor que capte o tal do FMe mas segundo o site Tudo Rádio aquelas emissoras encontram-se ativas ) Além delas, a Vibe Mundial, Band SP, a Boa Nova e a Estilo encontram-se também no ar. ( segundo o Tudo Rádio ) E dessas citadas acima a única que consigo sintonizar por aqui é a Estilo. ( e na minha opinião com excelente programação musical ) Uma coisa uma emissora de FMe encontrar-se numa região com algumas outras emissoras utilizando-se daquela mesma faixa do FM estendido. Creio que assim, talvez, alguns dos ouvintes que não possuam um receptor para o FMe possam animar-se na aquisição do tal equipamento. Agora fico imaginando, numa outra cidade que não faça parte da grande São Paulo, a existência de uma única emissora de FMe. E como convencer um usuário na aquisição de um novo receptor para ouvir uma única emissora de FMe?
 
Última edição:
Membro conhecido
Sep
594
744
E salvo engano, a Capital, Cultura, Nova Morada ( atualmente LBV ) e a GRU encontram-se no ar. ( não possuo nenhum receptor que capte o tal do FMe mas segundo o site Tudo Rádio aquelas emissoras encontram-se ativas ) Além delas, a Vibe Mundial, Band SP, a Boa Nova e a Estilo encontram-se também no ar. ( segundo o Tudo Rádio ) E dessas citadas acima a única que consigo sintonizar por aqui é a Estilo. ( e na minha opinião com excelente programação musical ) Uma coisa uma emissora de FMe encontrar-se numa região com algumas outras emissoras utilizando-se daquela mesma faixa do FM estendido. Creio que assim, talvez, alguns dos ouvintes que não possuam um receptor para o FMe possam animar-se na aquisição do tal equipamento. Agora fico imaginando, numa outra cidade que não faça parte da grande São Paulo, a existência de uma única emissora de FMe. E como convencer um usuário na aquisição de um novo receptor para ouvir uma única emissora de FMe?
Séria o caso de Juíz de Fora, só tem uma emissora autorizada, EBC, no 87.1
 
Membro conhecido
Oct
1,396
1,879
Recentemente estive pesquisando a situação das emissoras paulistas no Mosaico. Hoje está assim:

76.7 FM - Jovem Pan News - São Paulo Outorgada, aguardando dados da estação
77.5 FM - Rádio Capital - São Paulo Canal vago
77.9 FM - Rádio Cultura Brasil - São Paulo Canal vago
79.7 FM - Rádio Bragança - Bragança Paulista Licenciada
79.9 FM - Rádio Nova Difusora - Osasco Licenciada
80.1 FM - Class FM - Sorocaba Licenciada
80.7 FM - Super Rádio - São Caetano do Sul Licenciada
80.9 FM - Rádio RBC Belém - Ibiúna Licenciada
81.9 FM - Rádio ABC - Santo André Licenciada
81.9 FM - Rádio Brasil - Santa Bárbara d'Oeste Outorgada, aguardando ato de RF
82.5 FM - Rádio Azul - Americana Licenciada
82.9 FM - Melhor FM - Limeira Licenciada
83.1 FM - Rádio Vibe Mundial - Santa Isabel / São Paulo Nenhum resultado
Então, a 83.1 conseguiu mudar pra 98.1, na faixa convencional, e hoje opera como Apolo FM.

84.3 FM - Rádio Nova Morada - São Paulo Canal vago
84.7 FM - GRU FM - Guarulhos Canal vago
85.3 FM - Rádio Bandeirantes - Ribeirão Preto Nenhum resultado
85.7 FM - Rádio Bandeirantes - Campinas Outorgada, aguardando dados da estação
86.3 FM - Rádio Bandeirantes - São Paulo Canal vago
A 85.3 de Ribeirão, como já mencionado, tambem conseguiu uma vaga na faixa convencional, em 101.9, operando agora como Nativa FM.

Somente as licenciadas possuem indicativo (prefixo). Há mais rádios cujo licenciamento se deu após junho/2023:
76.1 FM - ??? - Cotia
ainda não está no ar
76.3 FM - Rádio Clube - Americana
77.5 FM - Rádio Jauense - Jaú
79.7 FM - Vale FM - Salto
84.9 FM - EP FM - Campinas
85.3 FM - Jovem Pan News - Campinas
85.5 FM - Rádio Boa Nova - Guarulhos
86.5 FM - ??? - Piracicaba
ainda não está no ar
86,7 FM - Estilo FM - Itapevi
A de Cotia será a futura migração da 920 AM, desde o ano passado apenas com músicas instrumentais e se identificando só com a razão social e a frequência, se não me falha a memória.
 
Membro conhecido
Oct
1,396
1,879
Séria o caso de Juíz de Fora, só tem uma emissora autorizada, EBC, no 87.1
Aqui em João Pessoa idem, só a EBC e na mesma frequência. A rádio será operada pelo IFPB.

Me pergunto por que houve a destinação de frequências da faixa estendida, em cidades onde claramente há espaço na faixa convencional. Mossoró/RN, por exemplo.
 
Membro ativo
Sep
69
178
Aqui em João Pessoa idem, só a EBC e na mesma frequência. A rádio será operada pelo IFPB.

Me pergunto por que houve a destinação de frequências da faixa estendida, em cidades onde claramente há espaço na faixa convencional. Mossoró/RN, por exemplo.
São coisas bem incompreensíveis...
Já em cidades com dials totalmente saturados, deram um jeitinho de abrigar as migrantes que estavam definidas para o dial estendido para o dial convencional.
Exemplos na Baixada Santista, regiões de Campinas e Ribeirão Preto, onde não faltaram oportunistas com a leniência de quem liberou essas barbaridades.
 
Membro ativo
Sep
69
178
Se tivesse havido união por parte dos empresários radiofusores lá atrás, em 2015 / 2016 poderiam ter criado uma estratégia de migração, semelhante ao da TV digital com a distribuição de receptores de FM com o dial estendido de baixo custo, patrocinados por empresas do segmento, popularizando a "novidade" e também forte apelo junto a indústria automobilística, para que os automóveis já desde aquela época tivessem os receptores atualizados. Dessa forma as emissoras de AM poderiam migrar para o FMe com uma base já consolidada,
E os órgãos responsáveis não permitirem essas trocas do estendido pelo convencional.
Existe um "downgrade" geralmente quando fazem essa opção, mas na sequência pedem aumento de potência, saturando cada vez mais o dial convencional.
 
Top