Bem-vindo!

Ao se registrar conosco, você poderá discutir, compartilhar e enviar mensagens privadas com outros membros de nossa comunidade.

Inscreva-se agora!
  • Olá, o tema escuro já está disponível no HT Fórum. Para usar, basta ir no final da página e clicar em (Fluent), em seguida selecione o (Fluent V2 Dark).

Globo HD - Programação, Imagens, Vídeos & Comparações

Membro conhecido
Aug
494
438
Globo não renova acordo para a transmissão da F1
Emissora já está informando aos patrocinadores do projeto que a competição não estará na sua grade em 2021

  • Bárbara Sacchitiello
    27 de agosto de 2020 - 14h55


A Globo não renovou os direitos de transmissão da Fórmula 1 para as próximas temporadas. De acordo com informações apuradas pela reportagem de Meio & Mensagem, a emissora já está comunicando seus patrocinadores da edição atual de que a competição automobilística, um dos principais produtos de sua grade esportiva, não deve mais ser exibida já a partir de 2021.

Algumas notícias publicadas na imprensa nos últimos meses já levantavam a possibilidade de a Globo deixar de exibir a Fórmula 1. A emissora vinha negociando com a Liberty Media, proprietária dos direitos, a renovação do contrato, que termina em 2020. A Globo chegou a fazer a proposta de uma revisão dos valores pelos direitos de transmissão, mas as duas partes não chegaram a um acordo. Procurada pela reportagem, a Globo ainda não respondeu sobre o assunto.

Caso a situação com a Liberty Media não seja revertida, será a primeira vez que a Fórmula 1 não estará presente na grade da emissora após décadas. A Globo exibiu as primeiras provas da competição em 1972. Porteriormente, a Band exibiu o campeonato no Brasil (inclusive, com a narração de Galvão Bueno). No início da década de 1980, a Globo retomou os direitos da competição e, desde então, vem exibindo a F1 continuamente, com exceção de algumas provas por conta de conflitos de calendário ou, por situações atípicas. Com o passar dos anos, o esporte foi se tornando um dos principais produtos esportivos da TV.

A temporada de 2020 da F1, no entanto, foi impactada pela pandemia da Covid-19, que obrigou a organização a rever o calendário para ampiar as medidas de segurança em relação aos atletas e equipes. Inicialmente prevista para começar em março, a temporada só deu a largada em julho e concentrou a maior parte das provas no continente europeu. Nessa revisão, o Grande Prêmio do Brasil, marcado para novembro, acabou saindo do calendário da F1 de 2020.

Patrocinadores
O pacote de transmissão da Fórmula 1 na Globo sempre foi um dos mais valiosos do mercado publicitário brasileiro. Para a temporada de 2020, Cervejaria Petrópolis, Nivea, Renault, Santander e TIM fecharam um acordo com a emissora para patrocinar as transmissões das provas, adquirindo, cada uma, uma cota de patrocínio com valor de tabela de R$ 98,950 milhões. Todos esses anunciantes já eram patrocinadores da Formula 1 no ano anterior, que teve, também, a presença da Net (Claro). A operadora, no entanto, não renovou o acordo para a temporada de 2020.

Profissionais do mercado publicitário costumam destacar que um dos maiores atrativos do pacote da Fórmula 1 é a entrega de mídia que ele proporciona ao longo de todo o ano. Além de aparecem nas provas, as marcas apoiadoras também são citadas em toda a programação da Globo, sempre em que é exibida alguma reportagem relacionada à competição.

A exibição das provas da temporada 2020 seguem normalmente na grade do Globo. Neste domingo, 30, será exibido o Grande Prêmio da Bélgica.


Fonte: https://www.meioemensagem.com.br/ho...o-renova-acordo-para-a-transmissao-da-f1.html
 
Membro conhecido
Aug
494
438
Sem acordo, Grupo Globo deixará transmissão da F1
Liberty Media deverá focar investimento em plataforma própria de streaming

Por Erich Beting e Mariana Stocco - São Paulo (SP) em 27 de Agosto de 2020 às 17:35


A Fórmula 1 não será mais exibida por nenhuma empresa do Grupo Globo após quase quatro décadas. Segundo apurou a Máquina do Esporte, a emissora e o grupo Liberty Media, que gerencia comercialmente a principal categoria do automobilismo, não chegaram a um acordo para renovar o contrato de direitos de transmissão da modalidade.

A informação de que o contrato não seria renovado foi dada originalmente pelo jornal Meio & Mensagem. Segundo o MM, a Globo avisou a seus parceiros comerciais de que não haveria mais a venda da F1 para o pacote de 2020. Geralmente por volta de agosto e setembro que a emissora apresenta o plano comercial do ano seguinte aos parceiros. Quando questionada, a Globo informou que não teria mais a F1 na grade.

Segundo apurou a Máquina do Esporte, a decisão dificilmente será revertida. Ela pode ser explicada pelo momento que tanto o Grupo Globo quanto a Fórmula 1 atravessam.

No caso da emissora, existe claramente um novo posicionamento em relação aos direitos esportivos. A Globo não pretende mais dispensar tanto dinheiro em eventos que não conseguiam trazer retorno comercial à altura. No caso da F1, cada cota de publicidade era vendida a R$ 98,5 milhões, segundo o MM.

Do lado da F1, existe um investimento maciço nas plataformas digitais desde que a Liberty Media assumiu a gestão comercial da categoria. Em 2018, a empresa anunciou o lançamento da F1 TV, plataforma de streaming que transmite as provas da temporada em diversos países. No Brasil, o acordo com a Globo impedia o lançamento do aplicativo. Agora, a tendência é de que o app para assinantes se torne um dos principais meios de consumo da Fórmula 1 no país.

A perda do contrato com a Globo representa, para a categoria, o fim de quase 50 anos de transmissões da F1 em TV aberta. A Globo exibiu a categoria pela primeira vez em 1972 e, desde 1980, vem exibindo a competição de maneira contínua em sua grade.

Com a pandemia da Covid-19, o calendário da F1 sofreu grandes alterações e as corridas só começaram a acontecer em julho, em vez de março. Com as mudanças, o Grande Prêmio do Brasil, que acontece geralmente em novembro, acabou sendo excluído do calendário.


Fonte: https://www.maquinadoesporte.com.br...po-globo-deixara-transmissao-da-f1_41174.html
 
Membro conhecido
Aug
1,151
2,307
Interessante isso, pois há muitos anos que a Fórmula 1 é transmitida pela Globo. Acho que a emissora tem razão, haja visto que nos últimos anos nenhum piloto brasileiro se destacou nas temporadas. Era o que atraia mais o público nacional. Mudando um pouco de assunto, a TV Bahia daqui já tem um tempinho que mudou a linha editorial daqui e anda mosrando mais reportagens policiais e coisas do gênero em seus telejornais. Sei que é por causa da nova gerente de jornalismo, a Copetti. Por um lado foi bom, pois saiu daquele marasmo, por outro foi ruim, porque ficamos com uma cópia da Record, que, diga-se de passagem, praticamente toda a programação é voltada para este gênero (novelas, seriados e filmes). Já repararam que toda novela da Record tem crimes, polícia e bandido em seu enredo?

Eu estive assistindo a Globo recife e gostei bastante do canal, realmente as filiais da Globo seguem o padrão de rede. Já a TV Bahia sinto ainda como se fosse uma tv que ainda está tentando se encontrar, nesse quesito. Usa fontes diferentes, e um estúdio pequeno com um cenário que poderia ser melhor. Uma pena uma emissora com potencial como a TV Bahia, não ter ainda alcançado a excelência da Globo PE, por exemplo. Inveja dos pernambucanos.
 
Membro conhecido
Aug
494
438
Interessante isso, pois há muitos anos que a Fórmula 1 é transmitida pela Globo. Acho que a emissora tem razão, haja visto que nos últimos anos nenhum piloto brasileiro se destacou nas temporadas. Era o que atraia mais o público nacional. Mudando um pouco de assunto, a TV Bahia daqui já tem um tempinho que mudou a linha editorial daqui e anda mosrando mais reportagens policiais e coisas do gênero em seus telejornais. Sei que é por causa da nova gerente de jornalismo, a Copetti. Por um lado foi bom, pois saiu daquele marasmo, por outro foi ruim, porque ficamos com uma cópia da Record, que, diga-se de passagem, praticamente toda a programação é voltada para este gênero (novelas, seriados e filmes). Já repararam que toda novela da Record tem crimes, polícia e bandido em seu enredo?

Eu estive assistindo a Globo recife e gostei bastante do canal, realmente as filiais da Globo seguem o padrão de rede. Já a TV Bahia sinto ainda como se fosse uma tv que ainda está tentando se encontrar, nesse quesito. Usa fontes diferentes, e um estúdio pequeno com um cenário que poderia ser melhor. Uma pena uma emissora com potencial como a TV Bahia, não ter ainda alcançado a excelência da Globo PE, por exemplo. Inveja dos pernambucanos.

É que a TV Bahia teve que se adaptar porque Salvador é uma praça onde a Globo vinha perdendo muito espaço para a Record. Até contrataram aquela apresentadora (Jéssica Senra) para tentar combater a Record no horário do almoço.

E Goiânia se não me engano é outra praça que a Record dá trabalho para a Globo.
 
Membro conhecido
Sep
1,924
1,502
Grande Mudança Na Sociedade Viva A diversidade
 
Membro conhecido
Aug
494
438
Globo chega a acordo e citará naming rights de arenas a partir desta sexta.

A Globo conversou com o Corinthians e chegou a um acordo para citar, a partir desta sexta (4), os naming rights de estádios de futebol dos clubes brasileiros. O movimento se deu, principalmente, por causa da compra da Hypera Pharma dos direitos do arena do Corinthians, que passou nesta semana a se chamar Neo Química Arena - a Hypera é um dos anunciantes do futebol da Globo desde 2019.

A mudança já consta na tabela do Brasileirão disponível no site esportivo da Globo. No fim de tarde, profissionais da TV foram avisados da nova orientação, que será seguida daqui para frente. Nas diretrizes internas, a Globo decidiu que vai usar o nome patrocinado nos telões, tarjas e créditos de programas esportivos e transmissões. A exceção é em reportagens e entradas ao vivo, onde os repórteres não usarão o nome patrocinado.

A troca já será perceptível nos jogos do fim de semana. Corinthians x Botafogo, marcado para manhã (5), deve ser o primeiro jogo do Timão com a nova orientação. Tal acordo também beneficia o Palmeiras, que terá o seu estádio chamado de Allianz Parque seis anos depois de sua inauguração oficial. A Globo optou por isto para não criar um mal-estar com o rival do clube corintiano, que sempre pleiteou a citação da marca desde 2014 - fato este que sempre foi criticado por sua torcida. A emissora não queria ser acusada de privilegiar o Timão. A Arena Fonte Nova, onde o Bahia costuma mandar seus jogos, e a Arena MRV, futuro estádio do Atlético Mineiro, também serão contemplados com a nova medida.

Mesmo com essa orientação, o Red Bull Bragantino ainda não terá seu nome completo citado totalmente. O time de Bragança Paulista continuará sendo chamado como sempre foi, por causa do contrato acordado entre as partes para os direitos de transmissão, fechado no mês passado para a exibição do Brasileirão em TV aberta, paga e pay-per-view, que não prevê a citação.

Desde que começou a transmitir futebol, a Globo sempre argumentava que era uma política da empresa citar apenas marcas que pagam para a emissora e que são suas parceiras comerciais. É o caso da Hypera Pharma, que para aparecer no futebol deste ano, pagou uma cota de R$ 307 milhões para estar no grupo de comunicação.

As conversas aconteceram ao longo da semana entre clube, empresa e emissora. Uma cláusula no contrato de TV entre Timão e Globo previa que, se o Corinthians vendesse esses naming rights, a empresa seria obrigada a conversar para a citação ocorrer. No fim, se encontrou um final feliz, como queria o presidente do clube paulista, Andrés Sanchez.

Procurada oficialmente pelo UOL Esporte, a emissora confirmou a nova medida em comunicado, que definiu como fruto da boa relação com os clubes. A Globo também diz que não fere o contrato com os seus parceiros com a nova orientação.

"A partir deste sábado, dia 5, a Globo passa a citar nas transmissões dos jogos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil a marca patrocinadora de arenas esportivas. Essa decisão é fruto do diálogo constante que a Globo mantém com os clubes, sempre respeitando os acordos estabelecidos com as marcas parceiras das transmissões esportivas da emissora. Como parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas, a Globo busca sempre as melhores soluções para os que apoiam o desenvolvimento do esporte no país", diz a Globo.

Fonte: https://www.uol.com.br/esporte/ulti...citara-naming-rights-a-partir-desta-sexta.htm
 
Membro conhecido
Aug
471
528
Eu vi durante o intervalo comercial de vale a pena ver de novo uma propaganda da tele sena sobre os ganhadores no estado de santa catarina, é a primeira vez que vejo uma propaganda da tele sena em uma afiliada da globo.
 
Última edição:
Novo membro
Sep
7
13
Eu vi durante o intervalo comercial de vale a pena ver de novo uma propaganda da tele sena sobre os ganhadores no estado de santa catarina, é a primeira vez que vejo uma propaganda da tele sena em uma afiliada da globo.
Aqui na praça de BH passa o intervalo da tele sena há anos durante o Vale a Pena. Eu imagino que a veiculação seja estatual aqui em Minas.
 
Membro
Aug
59
55
A Globo Rio também exibe o comercial da Tele Sena e não é de hoje. Não sei se na Globo SP também é exibido. A Globo pediu autorização pro SBT anunciar a tele sena em algumas praças? Porque não sei o motivo real de passar em algumas afiliadas da Globo
 
Membro conhecido
Aug
471
528
A Globo Rio também exibe o comercial da Tele Sena e não é de hoje. Não sei se na Globo SP também é exibido. A Globo pediu autorização pro SBT anunciar a tele sena em algumas praças? Porque não sei o motivo real de passar em algumas afiliadas da Globo
Eu acho que sim, comercial da telesena dentre as emissoras próprias eu já vi através de um vídeo de intervalo comercial da globo rio no youtube, mas exibida em uma afiliada global é a primeira que vejo.
 
Novo membro
Aug
6
7
Eu vi durante o intervalo comercial de vale a pena ver de novo uma propaganda da tele sena sobre os ganhadores no estado de santa catarina, é a primeira vez que vejo uma propaganda da tele sena em uma afiliada da globo.
Hoje aqui pela RBS TV do Rio Grande do Sul passou o comercial da Tele Sena, mostrando os ganhadores daqui do estado, porém eu nunca vi passar comerciais da Tele Sena aqui na RBS, o normal é o SBT, porém o que vi hoje e surpreendeu.
 

DTV

Membro ativo
Sep
87
163
Eu acho que sim, comercial da telesena dentre as emissoras próprias eu já vi através de um vídeo de intervalo comercial da globo rio no youtube, mas exibida em uma afiliada global é a primeira que vejo.

Aqui no Paraná a RPC exibe comerciais da Tele Sena há muitos anos.
 
Top